Portal Institucional da Câmara Municipal de Gondomar

“A República também passou por aqui”
publicado a 5 de outubro de 2018

“A República também passou por aqui”, lembrou, hoje de manhã, o Presidente da Câmara Municipal de Gondomar durante a cerimónia de inauguração da Praceta Centro Republicano e Democrático de Fânzeres (CRDF) junto ao Largo da Igreja, precisamente no local onde durante anos esteve instalada a sede daquela associação. O ato, que foi o “concretizar de um sonho que vinha de anteriores direções”, como sublinhou Augusto Barbosa, Presidente do CRDF, terminou com o descerramento de uma placa afixada numa pedra (que pertencia a uma varanda do antigo edifício) onde se lê “Honrar o Passado, Projetar o Futuro”.

“Estamos aqui a honrar a memória e a perpetuar, neste espaço digno e central da freguesia de Fânzeres, a história da República em Portugal e, naturalmente, a história da Democracia em Gondomar e a história desta coletividade que é uma referência para todos nós”, afirmou Marco Martins numa breve intervenção em que, essencialmente, destacou o momento simbólico em que se perpetua o passado e a transmissão de responsabilidade aos presentes e às gerações vindouras.

Antes, e confessamente “emocionado”, já Augusto Barbosa tinha destacado as três efemérides deste “dia particularmente rico” – “naturalmente o Tratado de Zamora, que permitiu a D. Afonso Henriques a utilização do título de Rei, embora já o fizesse há três anos; a implantação da República, em 1910; e, mais importante, o 5 de outubro de 1908, em que nasceu o Centro Republicano e Democrático de Fânzeres”.

De referir, ainda, nas palavras do Presidente da União de Freguesias de Fânzeres e S. Pedro da Cova, Pedro Vieira, a relevância do CRDF, que “é mais do que uma associações, é uma instituição”.

Ao visitar este website, está a consentir a utilização de cookies.