Reabilitação Urbana de São Pedro da Cova e Fânzeres abrange 200 hectares do território

13 de Julho de 2018
Mm reab fzspc 1 473 1000

Foi num salão nobre da Câmara Municipal de Gondomar completamente cheio que, ontem à noite, foi apresentada a proposta da Operação de Reabilitação Urbana respeitante à Área de Reabilitação Urbana (ARU) de São Pedro da Cova e Fânzeres.

O Presidente do Município, Marco Martins, salientou a importância deste programa de ação, que projeta uma profunda reconversão e reabilitação em 200 hectares dos territórios destas duas freguesias, destacando que nesta ARU o investimento público está já numa fase adiantada, como demonstra a conclusão do arranjo urbanístico do Largo Júlio Dinis, em Fânzeres, e da intervenção em Beloi e Ramalho, em São Pedro da Cova.

Esta proposta de ORU prevê, num prazo de 15 anos, a intervenção em 200 hectares associada a um investimento público previsto de 15,5 milhões de euros. A musealização dos espaços mineiros e a construção do parque urbano , em São Pedro da Cova , e a recuperação dos tanques comunitários e a requalificação do “Largo do Soldado”, em Fânzeres, são algumas das intervenções marcantes desta proposta.

Saber mais
Operação de Reabilitação Urbana – consiste no conjunto de intervenções que visam, de forma integrada, a reabilitação urbana da área delimitada, conferindo benefícios fiscais, associados aos impostos municipais sobre o património, bem como a atribuição aos proprietários do acesso aos apoios e incentivos fiscais e financeiros à reabilitação urbana.
Áreas de Reabilitação Urbana – consistem nas áreas territoriais compostas por edifícios, infraestruturas, equipamentos de utilização coletiva e espaços urbanos e verdes de utilização coletiva, onde se justifique uma intervenção de reabilitação.

Hoje
Hoje
Mín C
Máx C
Amanhã
Amanhã
Mín C
Máx C
Depois
Depois
Mín C
Máx C