Portal Institucional da Câmara Municipal de Gondomar

Grandes Opções do Plano e Orçamento municipais foram aprovados
publicado a 28 de novembro de 2016

Gondomar mantém a aposta da redução do endividamento municipal a um ritmo superior ao legalmente exigido. Esta é uma das tónicas das Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2017 aprovados, hoje de manhã, em reunião da Câmara Municipal de Gondomar. A proposta aprovada, que contou dois votos contra (um do PSD e outro da CDU) e duas abstenções (do PSD), tem um valor superior a 91 milhões de euros (mais 13 milhões de euros do que no ano em curso).

Aquele acréscimo está diretamente relacionado com a inclusão no orçamento de investimentos relacionados com fundos comunitários, nomeadamente as verbas do Pacto de Desenvolvimento Coesão Territorial e do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano, ambos instrumentos do Portugal 2020. O mais emblemático de todos esses investimentos será a construção do intercetor do rio Tinto, um equipamento destinado às estações de tratamento de águas residuais (ETAR) do Meiral, em Gondomar, e do Freixo, no Porto.

De acordo com a deliberação do Executivo, as famílias de Gondomar continuarão a ser apoiadas através de um alívio no Imposto Municipal sobre Imóveis – com as taxas mais baixas na Área Metropolitana do Porto – e diversas formas de ação social, incluindo o tarifário especial aos consumos de água, além do reforço na aposta na requalificação da rede viária e da mobilidade e a melhoria do parque escolar.

Na Cidade Europeia do Desporto de 2017 haverá um foco especial, já que se trata de uma distinção concelhia que traduz o reconhecimento do valor desportivo das associações e cidadãos e constitui, ainda, uma oportunidade de afirmação do território e das suas gentes.

Ao visitar este website, está a consentir a utilização de cookies.