Câmara Municipal de Gondomar

Município vai investir 3,8 milhões em Covelo
publicado a 7 de fevereiro de 2019

A Câmara Municipal de Gondomar anunciou ontem 3,8 milhões de euros de investimento para a freguesia de Covelo, o que inclui a reabilitação de uma escola para acolher o posto da GNR. “É uma ânsia da população há muitos anos. O posto territorial de Medas está localizado na freguesia de São Cosme [no centro do concelho], onde nem sequer é jurisdição da GNR. Tivemos de escolher um local para reinstalar a GNR”, descreveu o presidente do Município de Gondomar, Marco Martins.

Segundo o autarca do distrito do Porto, o município encontrou “a antiga escola da Lixa [em Covelo]” e, embora, o processo tenha demorado “três anos”, o Ministério da Administração Interna “validou-o há cerca de duas semanas".

O quadro de investimentos contempla, ainda, o “arranjo de arruamentos” e a construção de um cais de acostagem de barcos-hotel, projeto já em curso e que envolve a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo.

Sobre a GNR, em causa está um investimento que ronda os 800 mil euros, verba que a Câmara vai assumir "com a expectativa de que o Governo venha a comparticipar a obra”. "De qualquer das maneiras, a Câmara avança e já decidiu que vai fazer o investimento. É para começar em 2019 e no verão de 2020 estar a funcionar", garantiu o autarca.

Quanto ao cais de acostagem de barcos hotel, esta é uma infraestrutura que está a nascer nas margens do rio Douro e que deverá ficar pronta em maio.

Marco Martins apontou, ainda, neste lote, a beneficiação da rotunda de acesso ao novo cais, projeto da autarquia no valor de 790 mil euros, bem como o arranjo de quatro ruas que, juntas, custam 443 mil euros.

Os arruamentos beneficiados são a rua Santa Isabel, a 29 de Julho, a rua das Flores e a rua de Favais.