Câmara Municipal de Gondomar

Parque das Serras do Porto inaugura sede
publicado a 23 de Dezembro de 2019

O Ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, marcou, hoje, presença na inauguração da sede da Associação de Municípios Parque das Serras do Porto, numa cerimónia onde também pontificaram os autarcas de Gondomar, Marco Martins, de Valongo, José Manuel Ribeiro, e de Paredes, Alexandre Almeida.

O Ministro destacou a relevância do projeto do Parque das Serras do Porto (PSeP),na afirmação da Área Metropolitana do Porto, assim como no papel que os 60 km2 do parque têm na gestão florestal e conservação da natureza. “São projetos como este que transformam a paisagem, tornando-a num ativo mais valioso, económica e ambientalmente”, frisou João Pedro Matos Fernandes.

Por seu turno, Marco Martins, Presidente da Câmara Municipal de Gondomar, relembrou que este é “um projeto que vem com 70 anos de atraso”, mas, fruto da vontade das autarquias, do apoio do Governo e do trabalho dos técnicos e parceiros, ficará, com certeza, na história da região e do país. Com este projeto “construímos parque, construímos verde, construímos futuro”, salientou o autarca.

O futuro também foi o destaque das intervenções de José Manuel Ribeiro e Alexandre Almeida. O Presidente da Câmara de Valongo falou da importância deste projeto para as gerações futuras, bem como o orgulho que tem na inauguração da sede da associação, que está agora instalada num “edifício icónico, com mais de 100 anos de existência”, enquanto o Presidente da Câmara Municipal de Paredes e novo Presidente do Conselho Executivo do PSeP, destacou os desafios futuros para o projeto do parque.

A cerimónia serviu também de passagem de “testemunho” de Marco Martins, anterior Presidente do Conselho Executivo do PSeP, para Alexandre Almeida, que, a partir de hoje, assume a presidência do órgão.

A nova sede do PSeP está instalada no edifício do antigo Tribunal do Trabalho e Conservatória de Valongo, localizado no centro da cidade. A requalificação e adaptação às novas funções obrigaram a um investimento superior a meio milhão de euros, comparticipado por fundos comunitários, e inclui também áreas de exposição, um pequeno auditório e uma biblioteca.

O Parque das Serras do Porto é um projeto inovador e ambicioso, desenhado desde 2014 pelos municípios de Valongo, Paredes e Gondomar, que partilham um território com cerca de 60 km2 que inclui as Serras de Santa Justa, Pias, Castiçal, Flores, Santa Iria e Banjas.

A área, classificada como Paisagem Protegida Regional, oferece aos seus visitantes uma beleza cultural e paisagística de serras, vales e rios, num território que já foi mar, onde os visitantes podem descobrir as trilobites (animais marinhos muito mais antigos do que os dinossauros), minas de ouro subterrâneas com 2.000 anos (o maior complexo do género do Império Romano), aldeias pitorescas, plantas e animais raríssimos.