Câmara Municipal de Gondomar

Rede de municípios europeus discute em Gondomar problemas comuns
publicado a 18 de junho de 2019

Autarcas e técnicos participantes no projeto “Da imigração à integração” foram, hoje, recebidos pelo Presidente da Câmara Municipal de Gondomar, Marco Martins, e pela Vereadora da Educação, Aurora Vieira, no Salão Nobre do edifício dos Paços do Concelho. Nesta receção, Marco Martins destacou a importância do projeto, nomeadamente na criação de redes entre municípios, tendo em vista a discussão de problemas de interesse comum. “A Europa, especialmente os países do sul, têm urgentemente de repensar e resolver questões como as migrações”, frisou.

Durante os dias de hoje e amanhã, os participantes do projeto discutirão, através de diferentes atividades, a real situação das migrações na Europa. As escolas secundárias de Gondomar e Rio Tinto e a Casa Branca de Gramido recebem debates, conferências e “masterclasses”, onde se debaterão, entre outros, temas como as causas para a rejeição social e cultural dos migrantes e a promoção de um sentimento comum de pertença europeia.

“Da imigração para a integração” é um projeto europeu, com 16 meses de duração, integrado no programa “Europa dos Cidadãos”. O projeto envolve participantes de 13 países europeus: Portugal, Espanha, França, Itália, Grécia, Roménia, Hungria, Alemanha, Chipre, Letónia, Lituânia, Eslováquia e Malta.

Além de Gondomar, o projeto desenvolverá as suas atividades em mais quatro cidades europeias. Tar, na Hungria, receberá os participantes no próximo mês de setembro, cabendo à cidade de Safi, em Malta, a organização em dezembro de 2019. Em março de 2020, o projeto ruma a Moletai, na Lituânia e as últimas atividades decorrerão em Curtis, Espanha, durante o mês de março de 2020.

Ao visitar este website, está a consentir a utilização de cookies.