Câmara Municipal de Gondomar

Tabela periódica das árvores plantada no Parque das Serras do Porto
publicado a 21 de março de 2019

O Parque das Serras do Porto (PSeP) associou-se à Sociedade Portuguesa de Química (SPQ) celebrando o Dia do Carbono no Dia Internacional das Florestas nos terrenos contíguos ao Sanatatório de Montalto, em São Pedro da Cova. A iniciativa – traduzida na plantação da tabela periódica das árvores - contou com o apoio do Instituto Superior de Engenharia do Porto, da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e a Porto Design Factory, além do CRE.Porto – “FUTURO – projeto das 100 mil árvores na Área Metropolitana do Porto”,  que preparou o terreno e cedeu as 118 árvores nativas plantadas em área de paisagem protegida regional do PSeP.

O evento teve a ajuda de cerca de 300 alunos do Ensino Preparatório e Secundário da Rede de Clube de Escolas do PSeP.

Com esta iniciativa, procurou-se sensibilizar os jovens e o público em geral para o papel da vegetação na diminuição da concentração de dióxido de carbono na atmosfera. No Ano Internacional da Tabela Periódica 2019, a SPQ designou o Dia do Carbono a 21 de março (coincidente com o Dia Internacional das Florestas) para destacar o papel fundamental das árvores na fixação do carbono (CO2 atmosférico). O carbono é um dos 118 elementos da tabela periódica. Enaltecer o carbono é celebrar a tabela periódica e, simultaneamente, a química dando relevo à importância da sustentabilidade no equilíbrio do nosso planeta. A nível nacional 10 tabelas periódicas de 118 árvores irão retirar, cada uma, 2,5 toneladas/ano, ou seja , um total de 25 toneladas/ano de dióxido de carbono da atmosfera!

No final a plantação da tabela periódica das árvores foi festejada com o lançamento de 118 pombos.