Portal Institucional da Câmara Municipal de Gondomar

+ Cuidar toca a todos
publicado a 2 de julho de 2015

“Todos temos, já tivemos ou iremos ter um caso na família”. Por isso, explicou Marco Martins, o programa + Cuidar - Programa de Apoio aos Cuidadores Informais do Município de Gondomar , isto representa “algo que toca a todos”. As afirmações do Presidente do Município de Gondomar foram feitas, ontem à tarde, durante a assinatura do Acordo de Cooperação entre a Autarquia, o CASTIIS - Centro de Assistência Social à Terceira Idade e Infância de Sânguedo, entidade gestora do projeto Cuidar de Quem Cuida, e 17 parceiros locais.

No Salão Nobre da Câmara Municipal de Gondomar, Marco Martins sustentou que o + Cuidar é, também, “o reconhecimento do trabalho meritório desenvolvido por todos os parceiros”. Porque “hoje são os outros, amanhã poderemos ser nós”.

Antes, já Cláudia Vieira, Adjunta do Presidente, tinha feito uma intervenção traçando as linhas gerais do projeto a implementar em Gondomar
A realidade atual remete-nos para uma sociedade cada vez mais envelhecida, onde é esperado um aumento e prevalência da demência a cada duas décadas. Dado o seu caráter degenerativo e evolutivo, a demência manifesta-se no quotidiano do doente, tornando-se cada vez mais presente e grave, conduzindo em fases avançadas à dependência total, pelo que se assiste consequentemente a um acréscimo numérico de cuidadores informais.

Atendendo à complexidade inerente ao ato de cuidar, é premente e urgente cuidar de quem cuida, valorizar o seu papel, mas também garantir uma capacitação a todos os cuidadores informais e ainda contribuir para o desenvolvimento, em rede, de intervenções que visem a promoção do bem-estar físico e psicológico dos cuidadores.

Por outro lado, a Área Metropolitana do Porto (AMP) estabeleceu com o projeto Cuidar de Quem Cuida, financiado pelo Programa Cidadania Ativa, em Portugal gerido pela Fundação Calouste Gulbenkian, cujo promotor é o CASTIIS, a possibilidade de serem capacitadas diversas entidades de todos os municípios da AMP para a intervenção com cuidadores informais, convidando os municípios que a constituem a aderir a este projeto. Ora, o Conselho Local de Ação Social de Gondomar tinha diagnosticado nos seus instrumentos de planeamento, Plano de Desenvolvimento Social 2009-2011 e subsequentes Planos de Ação, a necessidade de promover uma rede de proximidade e apoio aos cuidadores informais do Município de Gondomar, necessidade que se mantém e que consta dos atuais instrumentos de diagnóstico e planeamento 2015-2020.

Assim, no âmbito da Rede Social de Gondomar pretende-se implementar, através do acordo agora assinado com as entidades locais, o + Cuidar, Projeto de Apoio ao Cuidador Informal do Município de Gondomar, que contempla o Programa Psicoeducativo para Cuidadores Informais do projeto Cuidar de Quem Cuida.

Ao visitar este website, está a consentir a utilização de cookies.