Portal Institucional da Câmara Municipal de Gondomar

Hotel Pestana Douro pronto até dezembro de 2019
publicado a 19 de junho de 2018

“Isto é avançar e aqui está um imóvel que vai captar emprego e gerar investimento”, sintetizou, hoje à tarde, Marco Martins, Presidente da Câmara Municipal de Gondomar, no final da cerimónia de lançamento da primeira pedra da construção da primeira unidade hoteleira do concelho, depois de historiar todo o processo. “Todos ficámos a ganhar”, rematou, antes de assinar, ali mesmo, o alvará n.º 141/2018, que permitirá ao Grupo Pestana construir, até dezembro de 2019, a partir de um projeto do arquiteto David Sinclair, a sua mais recente unidade de negócio: o Hotel Pestana Douro.

“Tínhamos como objetivo recuperar imóveis abandonados nesta zona mantendo, no entanto, a ligação pedonal ao Polis e ao Porto. Pois bem, essa ligação vai manter-se, disse ainda o Presidente do Município, que agradeceu à Direção Regional da Cultura, à Infraestruturas de Portugal e à Agência Portuguesa do Ambiente a colaboração e a participação ativa que possibilitou a concretização deste projeto.

Antes tinha falado Luís Castanheira Lopes, da Administração do Grupo Pestana, que tem atividade distribuída em 15 países de três continentes. “A recuperação de património edificado diz muito do que fazemos e esta dimensão de sustentabilidade é representativa do que gostamos de fazer”, afirmou aquele responsável, que caraterizou o futuro Hotel Pestana Douro como “o maior espaço de eventos em cima do Douro”.

O Hotel Pestana Douro, contíguo ao Pestana Palácio do Freixo, representa um investimento de 20 milhões de euros, resultando a nova unidade hoteleira – que terá 165 quartos e criará uma centena de postos de trabalho – da reabilitação da antiga fábrica de sabonetes Floral.

Ao visitar este website, está a consentir a utilização de cookies.